24 agosto 2015

[RESENHA] Colega de quarto


Autor(a): Victor Bonini
Editora:Faro editorial
Número de páginas: 278
Ano de lançamento: 2015

Sinopse: Eric Schatz, carioca que se mudou para São Paulo por conta do curso universitário, começa a perceber indícios de que há mais alguém frequentando o seu apartamento. Primeiro, um par de chinelos. Então, uma outra escova de dentes. Um micro-ondas que é ligado sozinho durante a noite, barulhos estranhos a qualquer hora e luzes que se apagam de modo misterioso. Até que, em determinada noite, Eric enxerga o vulto do colega de quarto entrar em seu apartamento pela porta da frente. Desesperado, o rapaz vai atrás de um detetive particular, mas parece ser tarde demais. Em menos de 24 horas, tudo acontece de modo acelerado e depois de uma ligação desesperada, cortada abruptamente, Eric despenca da janela do seu apartamento. Em seu livro de estreia, o autor nos apresenta uma história urbana de tirar o fôlego. Um mistério que passa por uma relação familiar complicada, suspeitas por todos os lados, e camadas e camadas de culpados. Há alguém inocente  ? 


     Uma vez,eu disse aqui no blog que a literatura nacional está cada vez mais em expansão,isso é se atualizando aos gostos dos leitores mais exigentes,que na maioria das vezes não conseguem encontrar algo em nossa literatura que os agrade.

   O livro colega de quarto está ai para comprovar e mudar esse quadro,com uma narrativa instigante e supreendente,fazendo com que o leitor se prenda na história e esqueça do tempo enquanto a gente está lendo,sem falar que o design do livro ajuda muito,com páginas grossas e amareladinhas,lindo!

    E vamos aos personagens,que tem personalidades tão reais,que poderiamos topar com eles por ai no nosso dia a dia,e ainda pode se notar que todos desempenham um papel na trama,ninguém está ali á toa não,e a morte do personagem Eric,nos revelas segredos surpreendentes.

   Algo que me chamou muito atenção é que em um primeiro momento,parece que a história vai seguir um rumo um pouco puxado pro sobrenatural,mas na verdade você descobre que o lance é todo terrestre mesmo,aliás como em todo bom romance policial,nem tudo é o que parece ser e como não temos quem acusar de inicio,sentimos uma certa tensão misturado á ansiedade.

   Colega de quarto é um livro com todos ingredientes de best sellers internacionais,mas sendo genuinamente brasileiro que tem tudo para ser um sucesso!







18 agosto 2015

Quatro adaptações que já fez muita gente chorar




 Há algum tempo que eu só posto resenhas,pensando nisso fiz um post um pouco diferente,que envolve livros e filmes,uma vez que literatura e cinema podem caminhar lado a lado,graças ás adaptações cinematográficas.

   Então,aproveitando esse fato,fiz uma pequena listinha sobre algumas adaptações que levaram muita gente nas lágrimas,Vem conferir!

                 P.s : Eu te amo:


 Essa é uma das aquelas adaptações que faz você esquecer do livro e se apaixonar pelo filme,achando que o mesmo se supera em sua em sua versão cinematográfica de tão bom que foi.
E o que falar do casal Holly e Gerri?! Definitivamente eles viveram um amor que todos deveriam viver pelo menos uma vez na vida.

                 A culpa é das estrelas.


Essa foi uma adaptação muito aguardada e que com certeza não decepcionou a maioria dos seus fãs,com doses de comédia,drama e uma alta dose de romance,o filme surpreendeu até mesmo quem não tinha tanta expectativa.
E com isso levou muita gente ao choro!


                     Tristão e Isolda


Tristão e Isolda,mais especificamente a versão cinematográfica de 2006,foi o que podemos considerar uma adaptação que não foi muito fiél a sua versão literária em muitos detalhes,mas que ainda assim mereceu está na nossa lista.
O romance épico á moda de Romeu e Julieta,que foi um dos maiores clássicos do séc XII,mesmo tendo o final dramático e  talvez seja por isso que encanta muita gente até hoje!

                Diário de uma paixão



 E a lista não estaria completa se não houvesse uma adaptação de Nicholas Sparks! E para representá-lo eis o filme "diário de uma paixão",que pra muita gente é uma história de amor inesquecível.
Em geral,as adaptações do tio Nicholas rendem bons filminhos românticos para quem gosta do genêro.Afinal quem não queria ser uma Allie para encontrar um Noah na vida e viver um amor como o deles?

04 agosto 2015

[RESENHA] Sob a redoma

                                               

       Autor : Stephen King
      Editora:Suma de letras
Numero de páginas:960

Ano de lançamento:2012

Sinopse:  Na trama, em um dia como outro qualquer em Chester’s Mill, no Maine, a pequena cidade é subitamente isolada do resto do mundo por um campo de força invisível. Aviões explodem quando tentam atravessá-lo e pessoas trabalhando em cidades vizinhas são separadas de suas famílias. Ninguém consegue entender o que é esta barreira, de onde ela veio e quando — ou se — ela irá desaparecer.Os moradores de Chester’s Mill percebem que terão de lutar por sua sobrevivência. Pessoas morrem, aparelhos eletrônicos entram em pane ao se aproximar da redoma e a situação fica ainda mais grave quando a cidade se vê exposta às graves consequências ecológicas da barreira. Para piorar a situação, James “Big Jim” Rennie, político dissimulado e um dos três membros do conselho executivo da cidade, usa a redoma como um meio de dominar a cidade.
Enquanto isso, o veterano da guerra do Iraque, Dale Barbara, é reincorporado ao serviço militar e promovido à posição de coronel. Big Jim, insatisfeito com a perda de autoridade que tal manobra poderia significar, encoraja um sentimento local de pânico para aumentar seu poder de influência. O veterano se une a um grupo de moradores para manter a situação sob controle e impedir que o caos se instaure. Junto a ele estão a proprietária do jornal local, uma enfermeira, uma vereadora e três crianças destemidas.
No entanto, Big Jim está disposto até a matar para continuar no poder, apoiado por seu filho, que guarda a sete chaves um segredo. Mas os efeitos da redoma e das manobras políticas de Jim Rennie não são as únicas preocupações dos habitantes. O isolamento expõe os medos e as ambições de cada um, até os sentimentos mais reprimidos. Assim, enquanto correm contra o pouco tempo que têm para descobrir a origem da redoma e uma forma de desfazê-la, ainda terão de combater a crueldade humana em sua forma mais primitiva


          Sob a redoma é um daqueles  livros de grande nùmero de páginas que se tornam pequenas conforme você avança em sua leitura,suas 954 páginas se tornam apenas um detalhe que assusta apenas de inicio.
A obra que já começa de forma intensa ( e sangrenta) traz críticas veladas á vários aspectos dos EUA,sem falar da narrativa sarcástica em terceira pessoa, o que faz desta obra sagaz de modo que prende o leitor e o faz esquecer o tamanho do livro em sì.Sem falar que Stephen King é mestre no que faz,dê para ele uma pessoa comum,que ele fará desta um  monstro,seja por ambição ou obssessão,e no caso do vilão,podemos ver a tamanha ambição.
  E outro aspecto que chama atenção é o "heròi",um cara comum,e você chega á pensar "Como essa cara vai salvar uma cidade?" E no final como esperado tudo dá certo ou melhor quase tudo dá certo.Outra coisa que deve ser comentada:a populaçào desse romance pode ser grande,mas o nùmero de mortes também não é pequeno.
 Enfim,Sob a redona sò reafirma o talento de King em seu ofìcio.
imagem-fundo imagem-logo