30 agosto 2016

[RESENHANDO] FILMES E SÉRIES Esquadrão Suicida




Ano de lançamento: 2016
Gênero: ação e fantasia
Tempo de duração:2h e 03min
Sinopse:Após a aparição do Superman, a agente Amanda Waller (Viola Davis) está convencida que o governo americano precisa ter sua própria equipe de metahumanos, para combater possíveis ameaças. Para tanto ela cria o projeto do Esquadrão Suicida, onde perigosos vilões encarcerados são obrigados a executar missões a mando do governo. Caso sejam bem-sucedidos, eles têm suas penas abreviadas em 10 anos. Caso contrário, simplesmente morrem. O grupo é autorizado pelo governo após o súbito ataque de Magia (Cara Delevingne), uma das "convocadas" por Amanda, que se volta contra ela. Desta forma, Pistoleiro (Will Smith), Arlequina (Margot Robbie), Capitão Bumerangue (Jai Courtney), Crocodilo (Adewale Akinnuoye-Agbaje), El Diablo (Jay Hernandez) e Amarra (Adam Beach) são convocados para a missão. Paralelamente, o Coringa (Jared Leto) aproveita a oportunidade para tentar resgatar o amor de sua vida: Arlequina.




 E ai gente,tudo legal com vocês? Depois de algum tempo sem postar nada, voltamos com a nossa programação normal para uma resenha básica do tão comentado filme esquadrão suicida,vem conferir?
  Entre muitos trailer arrasadores do filme com direito á ótimas trilha sonoras ecléticas, tinha-se um filme com tudo para dar certo aparentemente e agradar seu público,mas não foi bem isso que aconteceu,mas primeiramente vou deixar claro desde já que essa resenha não vou me basear em nada de HQ's já que nunca li nenhuma.
  Esquadrão suicida não é um filme ruim,porém não cumpriu muita coisa ao qual se comprometeu, o que muitos fãs não perdoaram,como uma maior aparição do Coringa,alguns vilões que fossem melhores explorados,não apenas um ou dois. O filme nos apresenta os vilões sem nenhum rodeio,não há uma situação para que isso ocorra,já deixando bem claro quais serão os destaques do filme.
 E obviamente os destaques foram Arlequina e o pistoleiro,cada um com seu estilo,mas com o mesmo objetivo de não morrer nessa missão, e como eu disse anteriormente há personagens bem trabalhados e aqueles que mal abriram a boca,o que foi uma mancada e tanto,em relação a cenas de ação, o filme nesse ponto demora a empolgar um pouco. Sem falar no romantismo em um ponto da história que me pareceu um tanto forçado,e não, não estou me referindo a Arlequina e o Coringa.
E eis mais um ponto negativo da trama,o polêmico "casal" em um relacionamento que demonstra abuso e dominação, o telespectador fica meio sem saber o que achar do relacionamento doentio e insano de Coringa e Arlequina,que particularmente eu achei que poderia haver qualquer tipo de coisa,menos um relacionamento saudável. Nesse núcleo há outro ponto negativo,a imagem que o vilão transmitiu, que no meu ponto de vista ficou gangster demais,estilo ostentador demais,não passando medo,tensão, apenas uma insanidade ambiciosa nos poucos momentos que apareceu no filme.
 Por ultimo deixo aqui e registrado meu descontentamento com a vilã do filme,não sei explicar bem o que houve,só acho que não convenceu muita gente, aquela coisa mistica e tudo mais.
Enfim,o filme esquadrão suicida é um bom filme,mas para quem não tiver altas expectativas sobre ele.
imagem-fundo imagem-logo