28 janeiro 2017

[RESENHA+ Parceria] Contra todas as probabilidades




Autor (a) Renata R. Corrêa
Editora: Amazon
 Número de Páginas: 206 páginas.
Ano de lançamento: 2016
Sinopse:A vida profissional de Ana, uma jovem e solitária decoradora de interiores, órfã de pai e mãe, estava ótima, já sua vida pessoal andava de mal a pior. Até que um certo dia, após ouvir uma bela canção de amor no rádio, começou a se sentir diferente, quando teve um pressentimento de que sua vida estava prestes a mudar, como se aquela melodia, cantada por uma incrível voz rouca, tivesse tocado seu coração. Ela se apaixona então, platonicamente, pelo músico Marcus, o vocalista da banda que tocava na rádio, e acaba o conhecendo de uma forma inusitada. Depois desse encontro, sua vida nunca mais será a mesma.
Contra todas as probabilidades faz referência à improbabilidade da história de amor entre Ana e Marcus, por viverem em realidades diferentes, cidades diferentes, estarem envolvidos em relações diferentes e, mesmo assim, unirem seus corações. É uma história bonita de amor, de dor, de sofrimento, mas principalmente de aprendizado e de recomeços. O livro inspira esperança porque permite ao leitor acreditar que tudo pode melhorar desde que não se desista, mesmo contra todas as probabilidades.


Preciso começar essa resenha dizendo que esse livro me proporcionou um descanso literário e o que seria isso? É o seguinte, fazia muito tempo que eu não lia um romance tão leve e descomplicado,daqueles que você se apaixona junto com a protagonista mesmo sem estar apaixonada.

"Muito bem Ana!  Às vezes é preciso um pouco de ousadia para seguir a vida em frente e tentar ser feliz! Vamos ver no que vai dar! O rapaz parece mesmo interessante" — pensei, enquanto provava o peixe que estava fazendo

  Por falar em protagonista, a nossa que se chama Ana é uma personagem simples, bem sucedida, mas que leva a vida de forma muito descomplicada,que corre atrás do que quer e de quem quer também, porque ela é dessas! Poderia dizer que me identifiquei com essa personalidade franca,mas ao mesmo tempo determinada da Ana,e o que falar do Marcus? E com razão que todas os querem.

— Ah cara, nada disso. Acho que não nasci para curtição não — respondi, pensativo. — Sou homem e não sou de ferro, não nego! É claro que, às vezes, é quase impossível resistir a uma gata dando em cima da gente, né? Até saí com algumas garotas, mas sinto falta de uma companheira, de ter alguém para dividir a vida e não só a cama, entende?

Como todo bom romance a história tem alguns percalços que não são muitos,mas o suficiente para deixar o leitor ansioso,de forma que mantém a gente entretida esperando o que vai acontecer, a narrativa é em primeira pessoa,fazendo com que a leitura fique agradável, a autora conseguiu dosar bem os clichês e fazer com que o timing ficasse em equilíbrio, fazendo com que tudo acontecesse no tempo certo. E o final mesmo que seja daqules bem fechadinhos, deixa a gente com gosto de quero mais!

Quando acordei no dia seguinte, meu primeiro pensamento tinha nome e um sorriso lindo!

  "Contra todas as probabilidades"é aquele livro que você vai ler com direito a suspiros e uma boa música no fone de ouvido.



E aproveitando a resenha é com prazer que anuncio a nova autora parceira do blog e autor desse livro,a Renata Reis,vamos conhecer um pouco mais sobre ela?



Biografia

Renata R. Corrêa nasceu em quatro de março de 1981, natural de Guimarânia-MG, mas mora há muito anos em Uberlândia-MG, cidade que já considera sua. É médica oftalmologista por formação e escritora por paixão. É casada e tem dois filhos gêmeos, um casalzinho. Sempre foi uma leitora voraz e uma apaixonada por histórias, principalmente aquelas com finais felizes! Já escreveu quatro romances e um livro de contos e crônicas, sendo esta sua primeira obra. Escreve ainda em seu blog

renatacorreaescritora.blogspot.com.br.
Facebook: Renata R. Correa – escritora
Instagram: renata_rcorrea
Twitter: Renata R. Corrêa (@renata_oftalmo)
Youtube: Renata R. Correa – escritora

Seja bem vinda Renata a nosso blog!

25 janeiro 2017

[RESENHA] Enquanto Espero



Autor(a):Valéria Reis Gravino
 Editora:Ebook Kindle
Ano de lançamento: 2016
Número de páginas: 102
Sinopse: "Enquanto espero" é um romance new adult que concorreu ao Prêmio Kindle de Literatura 2016.A jovem advogada Vitória, encontra dificuldades para conseguir o seu primeiro emprego, mas enfim é admitida pelo Grupo Moura Ribeiro e lá encontra Ricardo, um homem rodeado conflitos e segredos, com quem vivência um romance, no mínimo, complicado.
Durante o desenvolvimento de Vitória no grupo empresarial, muitas operações acontecem por motivos escusos e influência da família e do sócio de Ricardo, sem que ele sequer desconfie, trazendo muitas intrigas em torno dos dois e fazendo com que o romance venha a esmorecer. Reconhecendo-se sem condições de sobreviver à dor da separação, Vitória busca na pintura e na terapia de regressão um refúgio para livrar-se de seu sofrimento, quando desvenda, a partir de uma obra de arte que liga o seu passado ao seu presente, o real mistério em torno do fim de seu relacionamento com Ricardo, identificando as forças que contribuem para que eles não se mantenham unidos. Muitos segredos permeiam essa intrigante história, trazendo lições e acontecimentos surpreendentes com as reviravoltas de "mais um encontro" de Vitória e Ricardo.

Dando continuação a nossa parceria com a autora Valéria Reis Gravino,hoje eu trago uma resenha do livro "enquanto espero",seu primeiro romance que está disponível ns Amazon em formato Ebook,vamos conferir?

     Quando iniciei a leitura do livro enquanto espero,esperava encontrar um romance tipico sobre uma mocinha inocente apaixonada em um fundo pra lá de dramático,mas foi bem diferente o que encontrei nas páginas desse livro, e sinceramente foi uma das coisas que me surpreenderam.

   A história anda de forma bem rápida,conseqüentemente o amadurecimento da protagonista Vitória acontece de forma rápida ao contrário das tipicas mocinhas que só tomam jeito na vida no final do livro,ela é muito pé no chão e não se deixa se iludir pelas pessoas e coisas que a cercam,não se tem grandes surpresas com os personagens,então nada de vilões mirabolantes ou tramas para encher mais páginas do que necessário.
 
 A leitura é super fluida,daquelas que você vai ler uma tarde e nem vai ver o tempo passando,quando a autora aborda o assunto de transgressão,ela faz isso de uma forma tão sutil que não muda nada o ritmo da leitura e a partir dai é como se tivéssemos duas histórias mesclada a uma,passado e presente se mesclam contando uma única história.

 "Enquanto espero"é um livro que diverte o leitor de forma relaxante, enquanto nos faz refletir sobre o que nem sempre conhecemos de nós mesmos.

18 janeiro 2017

Nova Parceria: Autora Valéria Reis Gravino

  Esse ano já começou prometendo! Hoje venho anunciar uma nova autora parceira do blog,a autora Valeria Reis Gravino,confesso que estou muito empolgada com a parceria,porque além de apresentar novos autores,novas leituras pra voces ,também é uma forma de promover a literatura nacional,então só vantagens! Vamos conhecer um pouco sobre a Valéria?


    Bio:Valéria Reis Gravino é autora do livro "A responsabilidade do sócio na execução fiscal", que alcançou o 1º lugar na lista dos livros mais vendidos da Amazon, em Direito Tributário e encontra-se também disponível na Saraiva. É autora do livro "Enquanto Espero", que concorreu ao Prêmio Kindle Literatura 2016. Atualmente concorre ao Prêmio Off Flip 2017 com o conto "Mar de intrigas".  É advogada, MBA em Direito Tributário e MBA em Gestão & Business Law. É professora e articulista de diversos sites.

Dois livros da autora Valéria Reis Gravino


Página da autora na Amazon:http://amazon.com/author/valeriareisgravino
Página no Facebook do livro "enquanto espero":http://www.facebook.com/livroenquantoespero

E só pra avisar que semana que vem teremos resenha do livro "enquanto espero"!

11 janeiro 2017

[RESENHA] Cujo

     
Autor(a):Stephen King
 Editora:Suma de letrasletras
Ano de lançamento: 2016
Número de páginas: 376
Sinopse: Frank Dodd está morto e a cidade de Castle Rock pode ficar em paz novamente. O serial-killer que aterrorizou o local por anos agora é apenas uma lenda urbana, usada para assustar criancinhas. Exceto para Tad Trenton, para quem Dodd é tudo, menos uma lenda. O espírito do assassino o observa da porta entreaberta do closet, todas as noites. Você pode me sentir mais perto… cada vez mais perto. Nos limites da cidade, Cujo – um são Bernardo de noventa quilos, que pertence à família Camber – se distrai perseguindo um coelho para dentro de um buraco, onde é mordido por um morcego raivoso. A transformação de Cujo, como ele incorpora o pior pesado de Tad Trenton e de sua mãe e como destrói a vida de todos a sua volta é o que faz deste um dos livros mais assustadores e emocionantes de Stephen King


Começando essa área de resenha com o primeiro livro lido esse ano,Cujo de Stephen King,desde já posso adiantar que foi uma leitura e tanto! O livro que foi escrito em 1981,há algum tempo não era publicado no Brasil,recentemente a editora Suma de letras o   re publicou em uma edição pra lá de especial.

  Desde que comecei a ler Stephen King,fiquei curiosa para ler esse livro e quando soube da noticia do seu relançamento não teve como eu deixar essa chance passar,sendo assim meu entusiasmo foi grande ao começar a leitura e me surpreendi muito. King não nos entrega a ação logo de cara,ele cria todo um cenário e condições para que a história aconteça, nada acontece ao acaso.

  O autor não cria personagens na atenção de que eles se tornem amados pelos leitores,ele cria personagens criveis, comuns com defeitos e qualidades, o que torna tudo mais realístico e acaba envolvendo mais ainda o leitor,deixando-o apreensivo durante quase toda a narrativa que se segue.

  Um ponto interessante e ter a visão dos acontecimentos através do cachorro que apesar de ser o "vilão" da história, nos mostra outra versão e de como ele também sofre com sua transformação e de que ele não tem total discernimento do que acontece,pois sempre tentou ser um bom cão,isso acaba causando certa comoção no leitor
.
  Sem dúvida Cujo é uma leitura intensa que é capaz de mexer com o leitor sem usar de grandes artifícios, e que também nos mostra que nem sempre o livre arbítrio está disponível para a escolha.

04 janeiro 2017

Retrospectiva literária: Quatro melhores livros do ano de 2016

  Primeiro post do ano! E nada mais justo do que falar um pouco sobre algumas melhores leituras do ano passado? Sim,nada mais justo que uma retrospectiva literária, nesse post quero comentar sobre as leituras que eu mais gostei,e tem pra quase todos os gostos,indo do romance que te faz chorar muito até ao sobrenatural.
 Então vem conferir o post!


Mr.Mercedes- na verdade eu gostaria de registrar que toda a triologia vale muito a pena,mas para não extender o post eu fico aqui só com o primeiro livro,Stephen king mais uma vez se arriscou fora da sua área de conforto e o resultado foi essa triologia policial que valeu muito a pena,e vamos combinar que uma lista dessas partindo de mim sem um romance do King não seria minha!


Dançando sobre cacos de vidro-Eis um livro pra quem quer se desidratar de chorar! A história é linda,e nos faz refletir sobre o amor e outras coisas por um tempo,confesso que foi um livro que me marcou bastante.


Ed &Lorraine demonologistas-Esse livro é muito bom desde a sua edição até o seu conteúdo,excelente para quem conhecer um pouco mais sobre o sobrenatural de uma forma acessível em questão de linguagem,sem falar que nos ensina a não mexer com desconhecido.


Caixa de pássaro- Por incrível que pareça esse livro poderia tanto estar na lista dos melhores ou dos piores devido ao seu final que deixa pontos em aberto,mas ele consegue cumprir seu papel de causar um certo desconforto no leitor.



E ai,o que acharam da lista? Quais desses você leu? Deixa um comentário!

imagem-fundo imagem-logo