01 março 2017

[RESENHA DE BOXES E SAGAS] O Inferno de Gabriel

Aleluia! Finalmente uma postagem aqui,e dessa vez irei resenhar a trilogia o inferno de Gabriel,eu sei que esses livros já tem um tempinho que foram lançados,mas sempre vejo gente perguntando se eles são bons,então nada mais justo que uma resenha não é mesmo? Prometo (tentar) ser breve em cada resenha para o post não ficar tão extenso!


Autora(a): Sylvain Reynard
Editora: Arqueiro





Inferno de Gabriel:
Número de páginas:512
Ano de lançamento::2013
Sinopse:A salvação de um homem. O despertar da sexualidade de uma mulher.
Enigmático e sedutor, Gabriel Emerson é um renomado especialista em Dante. Durante o dia assume a fachada de um rigoroso professor universitário, mas à noite se entrega a uma desinibida vida de prazeres sem limites. 

  Começamos a série daqui,então já somos apresentados á Gabriel um renomado especialista em Dante e é isso que dá um pouco mais (só um pouco mesmo) de profundidade no enredo,na época que o livro foi lançado essa coisa de mocinhos com um passado obscuro ainda não era tão clichê como é hoje,mas Júlia a mocinha do livro,é aquela tipica mocinha bela que possui um coração de ouro e é indefesa,e já tem seus sonhos e desejos visitados por Gabriel de longa data,o fato de o romance ser aluna e professor pode ser algo interessante,porém improprio na visão de alguns leitores,mas como a diferença de idade entre os dois não é tão grande e já há um certo passado (parcialmente esquecido) entre eles, então acho que isso não é nenhum empecilho a leitura.

  Então, se você gosta de romances que a primeira vista pareçam impossíveis e que possuam um certo clichê certamente irá gostar da série, é preciso dizer que alguns momentos a leitura fica um tanto parada e temos alguns flashbacks dos personagens, mas isso não altera em muita coisa.

Agora vamos conhecer o segundo livro?




O julgamento de Gabriel
Número de paginas:2013
Ano de lançamento:384
Sinopse:Eles estão vivendo uma paixão arrebatadora. Mas muitas pessoas são contra esse amor. Gabriel Emerson e Julia Mitchell se conheceram há muito tempo, quando ela ainda era adolescente, numa noite mágica e confusa. Mas, apesar de todo o sentimento que nasceu entre eles, no dia seguinte seus caminhos se separaram. Anos depois eles se reencontraram quando Julia começou o mestrado na Universidade de Toronto. Gabriel era um professor enigmático, sedutor e muito arrogante que a atormentava e perseguia. No entanto, o que mais fazia Julia sofrer era ele não se lembrar dela. Mas nem mesmo o insensível Gabriel é capaz de resistir à profunda conexão que existe entre eles e logo os dois embarcam numa tórrida paixão proibida. Com o fim do semestre e do curso ministrado por Gabriel, eles deixam de ser professor e aluna e enfim estão livres para viver seu amor. Ou pelo menos era o que pensavam. Após uma viagem romântica para a Itália, durante a qual Gabriel ensina a Julia todos os mistérios do prazer e, em troca, aprende com ela o significado do amor verdadeiro, os dois veem seus sonhos ameaçados. Duas denúncias junto ao Comitê Disciplinar da Universidade põem em risco o emprego de Gabriel e a carreira brilhante e promissora de Julia. Será que o professor vai ceder às ameaças ou irá lutar até o fim por sua amada? Será que essa paixão conseguirá resistir a um julgamento implacável? Na apaixonante sequência de O inferno de Gabriel, Sylvain Reynard constrói uma bela história de amor, da qual os leitores jamais se esquecerão.

Se no primeiro livro temos um romance que foi se construindo com muita dificuldade e aos poucos se consolidando,aqui no segundo livro,temos a prova de fogo que colocará tudo isso em risco,aqui o leitor se encontrará mais ansioso para saber que rumo essa historia irá tomar, mesmo que a leitura fique mais parada um pouco.

   Podemos dizer que é o livro que mais causa expectativa, porque qualquer coisa pode acontecer e também alguns dos personagens do primeiro livros são melhores
apresentados e aproveitados, vemos melhor a motivação de cada um para suas ações.
 
       Mas Julia se prova uma mocinha ainda muito convencional e Gabriel ainda se mantém com certos mistérios ao seu respeito,que vão sendo desenvolvido e desvendados ao decorrer do livro.
Agora ao vamos ao terceiro livro...




 A redenção de Gabriel
Número de páginas:432
Ano de lançamento: 2014
Sinopse: Depois do escândalo em que se viram envolvidos em Toronto, Gabriel e Julia se casaram e se mudaram para Massachusetts, onde ele dá aula na Universidade de Boston e Julia faz doutorado em Havard. Agora ela precisa provar que não vive à sombra do marido famoso. Mas parece que Gabriel não está pronto para ver a esposa caminhar com as próprias pernas. Além disso, as coisas entre eles não vão muito bem. Isso porque Gabriel está ansioso para ter um filho, mas Julia quer concluir o doutorado primeiro. Para ver realizado seu sonho de formar uma família, Gabriel terá que enfrentar fantasmas do passado. Será ela capaz de fazer isso? E será que a generosidade de Julia resistirá à ameaça de ver arruinada a carreira que ela tanto se esforçou para construir? "A Redenção de Gabriel" é o desfecho brilhante dessa trilogia que arrebatou leitores no mundo inteiro. 



Aqui temos o desfecho da trilogia e os dilemas e problemas enfrentados pelos personagens são um pouco diferentes do primeiro e segundo livro,deve se dizer que aqui há também mais ação ou melhor,sexo.

 Se no segundo e primeiro livro,temos uma Júlia insegura,no terceiro ela quer mais provar do que é capaz,ser mais independente de Gabriel,o que rende alguns conflitos entre eles,mas que logo são resolvido,e por sua vez Gabriel passa do homem frio que pegava todas,para um amante fiel e devotado. Tendo essas coisas em vista é impossível não pensa que o enredo desse livro comparados com os outros da trilogia é um tanto raso.

  O que particularmente me incomodou foi o comportamento da Júlia, que agia como uma adolescente com hormônios a flor da pele que a todo instante que podia e a qualquer problema que queria esquecer usava o sexo,gente,achei isso as vezes um tanto excessivo às vezes,mas contudo,a trilogia teve um desfecho merecido.

Então, respondendo a questão se a trilogia é boa ou não, digo que se você está disposto a ler um romances com boas doses de Clichês, te recomendo inteiramente a trilogia!

24 comentários:

  1. Então, eu só li o primeiro e preciso dizer que nao gostei nem um pouco. É dificil eu não querer continuar uma série, mas realmente não deu certo para mim essa.. A protagonista é bem insegura e não gostei do Gabriel.. enfim, nada me conquistou, infelizmente... tem muito clichê mesmo!
    beijos, |F

    ResponderExcluir
  2. Eu curti a trilogia!não é a minha favorita mas gostei dos livros!Acho q se. O autor tivesse escrito um só teria melhor aceitação !Gabriel em muitas vezes me irritou mas nada me tirou mais do serio como a julia,para alguém tão inteligente e q passou por tanta coisa achei ela bastante fraca no decorrer do livro e não melhorou minha opinião no final do livro!

    ResponderExcluir
  3. Eu cheguei a comprar o dois primeiros livros desta trilogia, mas nunca li e me desfiz dos livros no fim do ano passado. Sei que a história dividiu leitores entre gostar u não da narrativa, mas acho que eu seria do grupo que não iria gostar tanto assim.
    MEU AMOR PELOS LIVROS
    Beijos

    ResponderExcluir
  4. Olá!
    Eu tenho a tempão aqui a trilogia que ganhei de uma amiga que é apaixonada! Mas não consigo me sentir atraída pela leitura, já tentei mas acabo abandonando. Eu até não faço conta com clichês... Eu não sei explicar ! rs Por enquanto eles vão ficar aqui enfeitando a estante rs

    ResponderExcluir
  5. Olá amore,
    Não conhecia essa série até então... mas já me apaixonei pelas capas que lindas, e a história pareceu me atrair.
    Adorei o resumo que você fez dos livros, e já anotei a dica por aqui.

    Beijoka!

    ResponderExcluir
  6. Já vi várias pessoas comentando sobre a trilogia, mas ainda não li. Agora conhecendo um pouco mais sobre os enredos e, mesmo com um clichezinho aqui e outro ali, acredito que quando as personagens são bem construídas acabe ganhando o leitor. Legal no segundo livro não ter deixando personagens secundários esquecidos e dando mais destaque na história. Mais "ação" no terceiro volume foi ótimo kkk

    *☆* Atraentemente *☆*

    ResponderExcluir
  7. Oiee já li o livro e mesmo lendo todos não vi nada de mais em nenhum dos protagonistas, o Gabriel é o tipico cara mandão e a Júlia muito bobinha e isso me irritou bastante, estou no entanto lendo o spin off da série que é muito melhor.

    Bjs Jany

    www.leituraentreamigas.com.br

    ResponderExcluir
  8. Oie
    Eu não tenho minimo de ler os livros desde que lançou mas vejo fãs que adoram e sua resenha sobre a série ficou interessante, parabéns e valeu pela dica

    beijos
    http://realityofbooks.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  9. Olá!!
    Essa foi uma das primeiras series que li da Arqueiro e simplesmente ameeeei esses livros!!
    Me apaixonei por esse casal logo no começo..mesmo o Gabriel sendo um grosso com a Julia!!

    http://livroaoavesso.blogspot.com.br/2017/03/resenha-ao-seu-encontro-abbi-glines.html#comment-form

    ResponderExcluir
  10. Oie! Eu conhecia essa série apenas pelas capas, que sempre me fizeram manter distância da história, mas não fazia ideia do que se tratava. Preciso dizer que não senti interesse algum em ler. Compreendo que, quando a obra foi lançada, todos esses elementos não eram tão clichês, mas agora eu simplesmente não consigo aturar uma garota que durante dois livros é a menininha indefesa que, depois, se rebela. Não é meu estilo de leitura, definitivamente..

    Beijos,
    Fernanda Goulart

    ResponderExcluir
  11. Olá! Já ouvi falar muito dessa trilogia, mas nunca atraiu minha atenção e mesmo depois de conhecer um pouco mais sobre, ainda não me conquistou. Gosto muito de romances impossíveis, porém tenho fugido dos clichês e obras carregadas de sexo. Vou deixar essa dica passar. Beijos!

    ResponderExcluir
  12. Oiee!!
    As capas desses livros sempre me atraíram, mas nunca imaginei que fosse um romancezinho clichê.
    Sempre achei que tivesse um quê a mais de mistério e suspense, pois as capas me deram essa impressão.
    De qualquer forma, a premissa ainda me interessa e espero que eu tenha a oportunidade de ler.
    Um beijo!

    www.asmeninasqueleemlivros.com

    ResponderExcluir
  13. Oi, tudo bem?
    No momento eu estou fugindo dos clichês, então creio que ler a série agora não iria me agradar. Além disso, não gosto de romances eróticos e pelo o que li, em alguns livros há bastante cenas hot e isso meio que me incomoda um pouco. Acredito que para quem adora o gênero, essa trilogia deve satisfazer em todos os aspectos.

    Beijos! ♥

    ResponderExcluir
  14. Oie! Tudo bem?

    Quando eu realizei a leitura do primeiro livro, não consegui gostar sei lá, parecia que quanto mais eu lia mais páginas tinha e mais enrolado a história ficava, por isso nunca fui atrás de ler outros livros da autora ou da trilogia em si! Mas fico feliz que tenha gostado do desfecho da trilogia!

    BJss

    ResponderExcluir
  15. Oi, eu ao contrário de você quando realizei a leitura do primeiro livro não achei parada em momento algum, pelo contrário me via sempre querendo ler mais e mais e quando vi já havia terminado. Também tenho uma ligação sentimental com ele, então além de ter uma história legal apesar de clichê em algumas partes e totalmente inesperadas em outra, é um livro que amo e é o meu preferido da série. Recomendo sempre para todos, e com certeza gostei do desfecho da trilogia também, então espero que quem leia possa gostar também!
    Um beijo
    http://www.brookebells.com/

    ResponderExcluir
  16. ooi, tudo bem?
    na época que esse livro foi lançado, lembro-me de ver uma moça lendo no ônibus e lembro de ter perguntado a ela se era bom. Acho que sua resposta "ate agora estou gostando".
    Gostei de como você foi sucinto e direto em relação a sua opinião quanto aos livros. Você foi sincero em relação a dizer que é clichê e afins!
    Beijinhos ღ

    ResponderExcluir
  17. Oi, tudo bem?
    Eu confesso que nunca tive muita curiosidade com esses livros e lendo seu post não fiquei animada, pois no momento não quero ler algo nesse estilo clichê, sabe?

    Beijos :*

    ResponderExcluir
  18. Olá!
    Tenho essa trilogia, mas ainda não li nenhum dos livros.
    A Júlia parece uma daquelas personagens bem chatinhas, que chega a ser irritante.
    Contanto, Gabriel me atraiu bastante, principalmente pelo seu passado obscuro...
    A leitura deles está me aguardando. Obrigada pela dica.

    ResponderExcluir
  19. Olá!
    Eu conheço esses livros de nome, mas numa li e nem pretendo ler no momento. Achei bem interessante você fazer a resenha assim, dos três livros juntos. Adorei poder conferir a sua resenha e considerações, espero um dia poder me apaixonar por esse romance também.
    Beijos.

    ResponderExcluir
  20. Olá! Acho bacana quando faz uma resenha juntando todos os livros de uma saga, por que assim o leitor pode ver se vale apenas começar ou não a ler. Pois tem muitas sagas que o primeiro livro é bom e os outros não. Já li algumas resenhas dessa série, mas ainda não me despertou interesse por que não curto muito ler livros com romance com cenas hot. Beijos'

    ResponderExcluir
  21. Realmente a serie é muito famosa,ja ouvi muitas pessoas falando sobre ela, sendo coisas boas e coisas ruins mas ela não me parece ser o tipo de romance que eu leria, para falar a verdade eu ate cheguei a compro livro mas acabei trocando

    ResponderExcluir
  22. Oie!!
    Pensa em uma pessoa que é completamente apaixonada por uma série!
    Sou eu com essa!!!
    Amo a escrita do Sylvain e o Gabriel e a Julia me conquistaram principalmente por causa da integração com o Inferno de Dante!

    beijos
    Livros & Tal

    ResponderExcluir
  23. oi, particularmente acho que não vale muito a pena para mim ler essa trilogia, principalmente agora depois da sua resenha, que mostra que ele traz bastante clichês, e tem também a parte hot, que não me atrai nem um pouco.

    ResponderExcluir
  24. Já vi essa série do INferno de Gabriel várias vezes, mas nuna me senti tentada a comprá-la, por não conhece-la. Achei seu post muito útil!

    Mas já não gostei muito do "mocinha indefesa". Não gosto de séries que coloquem esse rótulo nas mulheres... Muitas jovens podem se identificar e colocar a si mesmas sempre como indefesas e nunca se considerarem fortes.

    E homem como o pegador! Deuses me livrem, ainda bem que eu não desperdicei meu dinheirinho com essa série! Realmente foi um post muito útil, me fez ver que essa série realmente não é pra mim!

    Abraços!
    www.asmeninasqueleemlivros.com

    ResponderExcluir

imagem-fundo imagem-logo