13 junho 2017

[Resenhando contos] O vilarejo






Autor (a): Raphael Montes

Editora: Suma de letras

Número de Páginas: 109/páginas.

Ano de lançamento: 2015

 Sinopse:Em 1589, o padre e demonologista Peter Binsfeld fez a ligação de cada um dos pecados capitais a um demônio, supostamente responsável por invocar o mal nas pessoas. É a partir daí que Raphael Montes cria sete histórias situadas em um vilarejo isolado, apresentando a lenta degradação dos moradores do lugar, e pouco a pouco o próprio vilarejo vai sendo dizimado, maculado pela neve e pela fome.
As histórias podem ser lidas em qualquer ordem, sem prejuízo de sua compreensão, mas se relacionam de maneira complexa, de modo que ao término da leitura as narrativas convergem para uma única e surpreendente conclusão.



    Para começar, quero dizer que esse livro foi uma surpresa para mim em diversos sentidos,ao começar pelo grossura e seu número de páginas, bem abaixo do esperado por mim (não li nada sobre as especificações dele antes de comprar) passado disso,concluo que aquele ditado é certo,"tamanho não é documento" se encaixou perfeitamente nessa situação.
Ilustração do conto "Banquete para Anatole"


     Não bastasse essa surpresa, me deparou com as ilustrações maravilhosas de cada conto,o que só acrescenta na leitura e contribua para que ela seja mais fluida,o livro em si pode ser bem fino,mas seu conteúdo é bem denso,não é uma leitura que eu recomendaria á todos,principalmente aqueles de estômago sensível e aqueles que se impressionam fácil, e também não é muito legal o ler antes de dormir,vai por mim... Experiência própria!
Ilustração do conto "As irmãs Vália, Velma e Vonda"


      Um ponto interessante é que o próprio autor se inclui como espécie de personagem,assumindo o papel de tradutor do diário macabro que nos revela toda essa história, e também ele faz cada conto ter uma ligação com um demônio específico, como explica no livro,os sete reis do inferno, cada um representando um pecado capital,Asmodeus (luxúria),Belzebu(gula), Mannon(ganância), Belphegor(preguiça), Satan(ira),Leviathan(inveja) e Lúcifer (soberba).

Ilustração do conto "O porquinho de porcelana da Sra.Branka


       Há o detalhe que se pode ler os contos sem uma ordem específica e que todos estão interligados,e a forma que isso ocorre, obviamente se descobre no final da trama,o que na minha opinião não é tão surpreendente, mas deu aquele toque de mestre.
"O vilarejo" é o livro ideal para quem busca uma leitura mais pesada e acima de tudo,de boa qualidade

I
lustração do conto "um homem de muitos nomes"

8 comentários:

  1. Olá!
    Tenho uma enorme vontade de ler os livro do Raphael Montes, só leio resenhas positivas a respeito. Já tinha visto esse livro na livraria e me assustei com a finura rs' mas as pessoas sempre comentam que são histórias ótimas e bem aterrorizantes .. pretendo ler ainda esse ano!

    beijos!
    https://blogdatahis.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  2. Amei a diagramação do livro. Nunca li nada do Raphael Montes. Gostei da sua dica de não ler ele antes de dormir...rs não sou de me impressionar com histórias de livros, mas prevenir não custa nada! Hahahaha

    Não é do meu tipo de leitura, mas como é uma leitura bem rápida, acho que vale apena conferir.

    Beijos

    ResponderExcluir
  3. Oie...
    Sempre leio excelentes comentários a respeito do Raphael Montes, e não tenho dúvidas de que ele seja mega talentoso, porém, eu sou medrosa demais e fujo de livros assim, porque, seria uma tortura a hora de dormir rsrs...
    Beijos

    ResponderExcluir
  4. Oiii Flor, Tudo bem??
    Eu ainda não li nada desse autor, mas achei a premissa desse livro bem interessante... Pequenos contos "independentes" que se linkam no final.
    Esse é um tipo de livro que eu tenho muuita curiosidade de ler mas vou ficar com medo na hora de dormir, sou muito impressionável!! kkkkkkkk
    Obrigada pela dica!
    Beeijos ;*

    ResponderExcluir
  5. Oie,
    Um dos meus objetivos desse ano era conhecer a escrita do Raphael Montes. Infelizmente ainda não s cumprir essa meta, mas sua resenha me animou bastante!
    Realmente tamanho não é documento. Já li livros enooormes e ruins e também já li alguns contos maravilhosos que da vontade de ter um livro de 500 páginas para completar.
    Beijos
    Blog Relicário de Papel

    ResponderExcluir
  6. Olá!
    Me apaixonei por Raphael Montes ao ler Jantar Secreto... Desde então morro de vontade de ler suas outras obras...
    Tenho certeza que mesmo escrevendo contos, ele consegue transmitir sensações e sentimentos que poucos autores conseguem!
    Sou fã do trabalho dele!!
    Um beijo

    www.asmeninasqueleemlivros.com

    ResponderExcluir
  7. Oi!
    Não sei se eu fui com muita sede ao pote, mas não gostei muito desse livro.
    Claro que alguns contos são incríveis, e as ilustrações são simplesmente fantásticas, mas infelizmente não achei aquela paçoca toda que o povo comenta nas internets.
    Mas tenho muita vontade de ler outros livros do autor pra dar mais uma chance

    ResponderExcluir
  8. Olá
    Eu li o vilarejo
    E nao achei nada demais , o fim e legal mais sei lá por ser história tão curtas eu senti falta de algo mais sabe .
    Mais escrita do autor e uma delícia parece que você está vivendo a história.
    Mais ainda vou dar mais uma chance pro raphael em outros livros por conta da sua escrita .

    ResponderExcluir

imagem-fundo imagem-logo